7 dicas para construção de uma equipe de comunicação

Você deve começar a construção ou o engajamento de uma equipe de voluntários para comunicação e mídias sociais de sua igreja antes tarde do que nunca, ou mais cedo que você esperava.

Seja você o pastor responsável pela área, um leigo, ou membro da igreja, ou se você é o único, oficialmente ou não, encarregado das mídias ou comunicação de sua igreja, está na hora de começar a envolver novas pessoas neste departamento ou ministério.

Ficamos muito limitados quando trabalhamos por conta própria, ou apenas interagindo com nós mesmos. Até porque só algumas coisas que podemos fazer sozinhos, não é mesmo? O problema é que a construção de uma equipe boa e forte não é fácil.
Mas eu acredito que não seja impossível! Você pode fazê-lo, e para esse fim, aqui vão sete dicas para ajudá-lo nesta viagem:

1. EQUIPE DE MÍDIA NÃO É EQUIPE DE SOM OU DE TÉCNICA

Este é um ponto crucial e de confusão colossal para muitas pessoas e igrejas. Será que você está procurando pessoas para “pilotar” a mesa de som, ou “cabear” os projetores?

Assim que você menciona mídia digital em nossos dias, muitas pessoas ficam pensando perturbadamente sobre “gadgets” e equipamentos complexos e pilhas e emaranhados de cabos.

Mas a mídia ou comunicação digital da igreja e a técnica em geral de igreja são duas coisas MUITO diferentes.

Mídia ou Comunicação Digital se traduz em contar histórias, desenvolver comunidades e criar relacionamentos, apenas usando equipamentos e instrumentos digitais para se conseguir isso.

Será que requer habilidades técnicas? Claro que sim.

Mas não tanto quanto você imagina. As habilidades técnicas ou tecnológicas são apenas um acréscimo em comparação ao valor colocado na criatividade, na habilidade de contar histórias e na capacidade de criar relações.

Livrando-se dessa tensão por dominar as melhores técnicas, permitimos que voluntários possam estar mais animados e dispostos a se dar pelo departamento ou ministério, bem como incentivar a tentativa por coisas novas.

2. VOLUNTÁRIOS SÃO VOLUNTÁRIOS. NÃO SÃO EMPREGADOS OU SERVIÇAIS

Todo cristão engajado em alguma atividade na igreja deve ser entendido como um voluntário. Não recebemos nada além de alegria, ânimo e comunhão ao se dar por um ministério.

Você, como líder do ministério ou departamento, ou até mesmo como um engajador de pessoas deve se afastar das “personas” de Chefe ou Senhorio.

Deixe o “trabalho” mais leve, ao entender anseios, vontades e sonhos alheios. Canalize-os ao seu favor, não menosprezando pessoas que parecem saber mais que você só por que estão “abaixo” da sua posição!

Ou será mesmo que existe “embaixo” e “acima” no reino de Deus? Aquela mãe de dois discípulos, que queria-os à direita e esquerda de Deus nos céus, recebeu uma resposta não muito agradável, lembra? Construímos muros demais e pontes de menos.

Encoraje, empurre, aceite, reconheça, divulgue e se envolva com os dons alheios. Nada de cortar, reduzir, desmotivar, restringir, criticar sem fundamento, isolar ou denegrir a imagem de quem quer que seja, por idade, sexo, mentalidade ou posição social e profissional! Todos temos pelo menos um dom para ser usado no Reino.

3. COLOQUE CADA MEMBRO DA EQUIPE COMO RESPONSÁVEL POR ALGO

Você já deve ter ouvido o termo “propriedade” quando alguém trata sobre liderar uma equipe saudável. Como que o líder fosse o dono da idéia ou objetivo, e apenas ele soubesse dos seus caminhos e desenvolvimento.

Os membros da equipe querem saber se são valiosos e se estão fazendo a diferença com seu trabalho. É natural do ser humano. Até porque, se eles irão gastar seu precioso tempo, querem e tem o direito de saber o que é mais importante. Mantenha-os a par do que está acontecendo e do que irá acontecer.

A maneira mais fácil de se demonstrar aos voluntários de que eles são importantes para a equipe, e para o trabalho como um todo, é colocá-los no comando de alguma coisa – de qualquer coisa, realmente!

Isto não só os manterá incentivados, mas vai mantê-los ao seu redor por um longo tempo.

4. LANCE UMA FORTE VISÃO

Não há nada que me incomode mais do que um líder que não sabe bem pra onde estamos indo.

Como líder, é seu o trabalho de lançar uma visão forte para os esforços de mídia digital e comunicação de sua igreja. Aqui estão algumas perguntas para você começar e pensar a respeito:

  • Porque estamos fazendo isso?
  • Quais são as metas que queremos alcançar?
  • Como é que vamos chegar a esses objetivos?

Planeje e execute! Qual o homem que para construir sua casa não procura os trabalhadores, engenheiros, materiais e projetos necessários para sua execução? Começaria ele a empreitada sem os recursos necessários e deixar a obra inacabada?

5. COMUNIQUE A VISÃO DE FORMA FORTE

Agora que você lançou uma visão forte à sua comunidade e voluntários, você precisa se comunicar claramente com sua equipe.
Todos nós queremos fazer parte de algo maior que nós mesmos. Todos nós queremos ser incluídos em um enredo cativante que é realmente fazer a diferença na vida das pessoas ao nosso redor. Isso é verdadeiro cristianismo!

Comunicar uma forte visão para a sua equipe irá motivá-los, dando a eles o sentimento de “co-propriedade” e unirá a sua equipe sob um objetivo comum.

Você não quer ser o líder que diz: “Bem… precisamos mais uma vez fazer os anúncios de vídeo… NOVAMENTE.”.
Você precisa desenvolver uma visão forte que lhe dará um roteiro para cada decisão, e você precisa ser consistente em comunicar essa visão para a sua equipe. Com entusiasmo cara!

Fique animado e contagie a si mesmo e outros sobre a obra do Reino que você está fazendo! Você faz parte da história do evangelho no mundo!

6. RECONHEÇA QUE PESSOAS ESTRAGAM TUDO

Eu sempre fui um cara muito individualista, tipo AQUELA personalidade. Mesmo que hoje eu tenha aprendido a trabalhar com uma equipe, e sei que isto é fundamental, a minha inclinação natural é a de fazer tudo sozinho.

Porque, afinal, as pessoas estão sempre estragando as minhas coisas! Estou certo, não?!

Mas isso não é a maneira certa ou verdadeiramente cristã de se viver a vida. Muito menos a maneira de se construir uma equipe de mídia e comunicação digital de uma igreja.

A pedra fundamental para a construção de uma equipe saudável é promover uma cultura ou ambiente que permita fracassos. Como líder, você cria aceitação e desenvolvimento ao reconhecer que problemas e “pisadas na bola” vão acontecer, afinal, todos somos seres humanos imperfeitos.

E isso é bom. Erros geram acertos!

Thomas Edison disse, certa vez, ao ser questionado do porque insistia em criar algo que não dava certo, quanto aos seus experimentos com a lâmpada, que: “Eu não falhei 5.000 vezes. Eu descobri 5.000 maneiras de não fazer um bulbo acender com a eletricidade. Se eu continuar tentando, logo irei esgotar o estoque de maneiras erradas de fazer isso e encontrarei a maneira correta”.

7. COMPRE KIT KAT PRA TODO MUNDO

Este é provavelmente o mais importante dos sete pontos… “Have a break!” e divirta-se! Faça aquilo que a equipe irá desfrutar e se divertir fazendo juntos.

Algo tão simples como um pequeno lanche ou saída juntos, uma mudança de ritmo ou dos problemas, um devocional coletivo e oração em grupo, podem fazer uma grande diferença ao ministério e departamento.

Intimidade pessoal gera resultados interpessoais. Invista nisso, você não irá se arrepender!

Concluindo:

Você deve começar a construção de uma equipe de voluntários de mídia e comunicação digital, antes tarde do que nunca. É claro que, sempre que envolvemos pessoas, as coisas tendem a ficar um pouco mais confusas. Mas elas tendem a ser muito mais recompensadoras e gratificantes também.

Você trabalha com uma equipe ou você faz tudo sozinho? Eu adoraria ouvir sobre a sua situação e experiência nos comentários abaixo! Até a próxima!

Recommended Posts
Showing 10 comments
  • Guilherme Leal
    Responder

    Olá, adorei o site, embora este post seja antigo mas estou aqui. Vivo uma experiência real do post. Há 2 anos venho implementando coisas novas na igreja em que congrego, e infelizmente venho sozinho nessa caminhada. Mesmo com pessoas capacitadas/competentes, ainda não há compromisso de ser voluntário ao reino… Dessa forma não consegui chegar em um padrão de excelência para a identidade de minha igreja. Há criações fantásticas, e há criações. Mas com este post quero mudar, já desci a barra de rolagem por completo e lerei tudo que já foi publicado para ser ministrado em meu coração. Obrigado por essa iniciativa!! Deus abençoe.

    • Conversão Digital
      Responder

      Guilherme, a idéia toda do Conversão Digital foi justamente essa! Passávamos também por um momento que, aos nossos olhos, era de solidão e fracasso! Mas nossa visão é limitada! Deus vê muito mais além. Decidimos então, com o pouco que sabemos, humildemente dividir e também aprender coisas novas! Viver para o reino é isso: dividir e compartilhar! É claro que algumas pessoas não tem a mesma vontade, compromisso e ânimo que nós! E ainda bem por isso! Já imaginou se o mundo fosse feito por pessoas identicamente iguais? Seria muito chato! A diversidade em que Deus nos criou deve ser diversificada cada vez mais e mais no meio de nós! Ore bastante, seja realmente compromissado com a Palavra e com imitar Jesus Cristo no dia a dia, e Deus enviará pessoas, amigos, voluntários, oportunidades e sucesso! E melhor, tudo no tempo Dele! No mais, estamos aqui para o que você precisar! Claro, dentro do que soubermos, e se não soubermos a gente procura a reposta juntos! Por que, afinal, é mais divertido e edificante do que fazer isso sozinho! Forte abraço em Cristo!

  • Nilciane
    Responder

    Há um certo tempo que me deparo com a inquietude de achar que estava enterrando meus talentos, falava pra Deus que não me contentava em apenas fazer convites de aniversários da igreja ou cartaz para um culto em especial. Mas hoje ao vir para o trabalho senti no meu coração que deveria procurar na internet algo que me identificasse e me deparei com o conversão digital. Não sou nenhuma especialista, mas sim muito curiosa e digamos que criativa também. Nesse momento, baixei alguns posts de vocês e irei propor um ministério novo na minha igreja, para além de melhorar visualmente os cultos, atingir um público diferenciado nas redes sociais. Obrigada conversão digital por ter sido usado por Deus para falar ao meu coração. Deus os abençoe queridos!!

    • Conversão Digital
      Responder

      Olá Nilciane, realmente, o sentimento de ter talentos escondidos ou enterrados é muito angustiante, passamos por isso e sabemos que ainda iremos passar, pois somos falhos e dependentes de Deus! Mas graças a Ele conseguimos levantar dos tombos e prosseguir, não é mesmo?! No mais, nos sentimos muito honrados e abençoados com seu elogio e por termos sido usados por Deus neste aspecto em sua vida! É, e sempre será, nossa vontade com este site! Ajudar e ser ajudado, abençoar porque fomos abençoados, dividir e compartilhar assim como nosso Mestre fez e nos ensinou! Continue o bom combate de Cristo e tenho certeza que no tempo Dele você colherá os frutos do seu esforço e vontade de criar e desenvolver esse ministério em sua igreja local!

      No que pudermos, conte conosco aqui! Deus abençoe!

  • Alex Cunha
    Responder

    Que post maravilhoso! Parabéns!!!! Eu sempre trabalhei com mídias e comunicação e quando me converti foi logo o ministério que quis entrar na igreja, na época o Ministério de Comunicação na minha igreja se resumia em projeção dos slides e banners e logos dos cultos e eventos, redes sociais era usados com pouca intensidade. Logo, senti um desejo forte no meu coração de criar um ministério de Comunicação na minha igreja, com sonhos e idéias em mente dei minha cara a bater, sem quis formar uma equipe, foram várias mudanças que tive na equipe, mas hoje tenho pessoas consolidadas na equipe. O grande problema hoje é a falta de verbas para a compra de equipamentos como computadores, câmera etc

    • Conversão Digital
      Responder

      Agradecemos muito os seus elogios Alex, nos impulsiona a continuar dividindo experiências com todos aqui! Realmente, o ministério de comunicação é apaixonante e cheio de coisas empolgantes, mas muitas vezes também nos deparamos com percalços e problemas. Nada que com o auxílio de Deus, um pouco de paciência e amor não resolva por completo. A falta de verbas específicas para equipamento realmente pode ser um grande problema, mas de todo não é um obstáculo pra não produzirmos, pois acredito ser um desafio a mais e é muito prazeroso conseguir passar por cima dele às vezes, não é mesmo?! Precisamos redigir alguns posts sobre este assunto mesmo! Obrigado pelo toque! Continue o bom trabalho em nome de Jesus, abração

  • Saulo Azevedo
    Responder

    Olá fiquei muito feliz de descobrir o site, veio de encontro com a minha vontade de aprender e criar algo parecido na igreja, que Deus abençoe ricamente a vida de todos !
    Espero em breve poder compartilhar como seus ensinamentos nos ajudaram!

    • Conversão Digital
      Responder

      Nós é que nos alegramos imensamente com você ter encontrado nosso site Saulo! Agradecemos o engajamento e ficaremos ansiosos com seus próximos comentários aqui, com certeza! Deus o abençoe, abraços!

  • Marza
    Responder

    Que site abençoado. Essa semana ao conversar com meu pastor, decidimos levar a diante o projeto do ministério de comunicação. Já estamos procurando membros dispostos a participar. Eu tenho um pouco de experiência com marketing , designer gráfico. Acho que já posso ajudar. Trabalhar para a obra de Deus é benção ! Espero que consigamos atingir nosso objetivo, que é levar a palavra de Deus para todos, de forma clara e atual. Parabéns pelo blog. Vou aprender muito por aqui ! Que Jesus abençoe a todos ! Fiquem na paz de Deus !

    • Conversão Digital
      Responder

      Olá Marza, que legal ler seu comentário! Toda vez que vemos um ministério ou departamento de comunicação nascer ficamos empolgadíssimos e alegres! É muito recompensador e eletrizante ver líderes e pessoas engajadas na maravilhosa obra que Deus nos convida a sermos participantes. Que Deus te abençoe e te use poderosamente nesta caminhada! No que precisar, estamos aqui! Obrigado pelo comentário e por dividir conosco a sua experiência! Em Cristo, abração!

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search