Inovação centrada em pessoas – Parte 02

VOCÊ SABE COMO IMPACTAR DE FORMA EFICIENTE SEU PÚBLICO ALVO?

Uma coisa é fato: em um primeiro momento, todas as pessoas são movidas por uma boa proposta de valor. Mas o que seria uma proposta de valor?

A proposta de valor é o motivo pelo qual as pessoas desejam algo, ou são atraídas por algo. Para entender melhor este conceito, vamos a duas ilustrações:

1) Quais seriam as propostas de valor de um produto bastante comum em nossos dias (até mesmo em função de todo o stress que passamos)? ASPIRINA.

Refletindo de forma bastante rápida, o que te leva a comprar uma aspirina? A resposta mais óbvia é o fato da aspirina, por ser um analgésico (médicos, por favor, me corrijam), aliviar a dor, mas seria este o único motivo?

O que você acha destes outros pontos:

  • Comprar aspirina por ser um produto barato;
  • Comprar aspirina por estar acessível em todas as farmácias;
  • Comprar aspirina por ser uma marca confiável e sinônimo de eficácia;

Todos estes “motivos” para a aquisição de aspirina no momento de uma dor de cabeça podem ser considerados parte integrante da proposta de valor do produto e se não são analisados de forma aprofundada, eventualmente podem não refletir as reais escolhas do consumidor.

2) No caso da Bíblia, quais seriam as suas propostas de valor? Quais seriam os motivos pelo qual uma pessoa que não conhece a Cristo, deveria mudar sua vida e passar a seguir os ensinamentos bíblicos?

Eventualmente poderíamos listar:

  • É a palavra de Deus que nos suporta em momentos de medo;
  • É a única verdade capaz de levar a salvação a uma pessoa;
  • É o proposito de estarmos vivos;
  • Etc.

Quando pensamos nas propostas de valor dos ensinamentos bíblicos, conseguimos identificar uma série de características que nos permitem entender de forma mais profunda as diversas facetas do público-alvo de nossas peças de comunicação e eventos.

Nós claramente queremos atender de forma eficiente todos aqueles que estão em momentos de aflição e não tem a quem recorrer, todos aqueles que buscam uma razão de viver, todos aqueles que tem medo de morrer por não saberem o que vem depois, entre outros.

Quando fazemos este exercício, conseguimos sentir o que o nosso público-alvo sente, e dessa forma, certamente estamos mais aptos a alcança-lo de forma mais precisa.

Além do entendimento do “porque” as pessoas deveriam se interessar por nossa comunicação, ou até mesmo comparecer aos nossos eventos, podemos também tentar imergir um pouco mais nas características básicas do público que queremos alcançar. Esta ferramenta, no contexto empresarial é denominada “Personificação”, e nada mais é do que o exercício de tentar tangibilizar em uma pessoa tudo aquilo que imaginamos ser característica do público-alvo de nossas ações.

Por exemplo, vamos supor que eu queira criar um evento, ou uma peça de comunicação voltada para o público jovem de nossa igreja, e para isso eu imagine uma pessoa característica, que eu gostaria que fosse atingida por minhas ações. Como essa pessoa seria?

  • Idade entre 20 e 30 anos;
  • Gosta de música, especialmente rock;
  • Sempre ligado em redes sociais, tem dificuldades em passar o dia inteiro sem dar, pelo menos, uma rápida olhada no Facebook e Instagram;
  • Etc.

Não parece que ao ler esta pequena descrição, você é capaz de visualizar esta pessoa? De forma resumida, este é um exercício de Personificação, uma boa ferramenta que nos permite entender melhor o nosso público-alvo, para assim poder servi-lo de forma mais eficiente.

Por fim, obviamente, no mundo atual não podemos abrir mão de tecnologias bastante interessantes e que podem complementar nossas pesquisas, como por exemplo, através da participação em fóruns nas redes sociais, criação de questionários de avaliação (por exemplo, por meio do uso de Google Forms), entre outros canais que serão melhor explorados ao longo das próximas postagens.

Depois desta leitura, vamos começar a exercitar a habilidade de entender melhor o público-alvo de qualquer evento que envolva comunicação, a fim de que o mesmo consiga atingir o máximo desempenho, Dessa forma, poderemos alcançar o maior número de pessoas para Cristo, nosso objetivo final!

CONTINUE LENDO…

Recommended Posts
Comments

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search